Rede Globo promove perseguição a Gustavo Lima após ele declarar apoio a armas e Bolsonaro.

Spread the love

Gusttavo Lima nunca esteve tão em voga. Virou alvo da Rede Globo.

Globo é conhecida pela ditadura da opinião. De forma subliminar, ela forma opinião e determina comportamentos.



 

Quem se atreve a desobedecer os mandos e desmando da emissora que teve sua dívida de R$ 1,6 bilhão perdoada em 2002 e, de 2003 a 2014 recebeu R$ 6,2 bilhões em publicidade do governo federal (gestão Lula e Dilma), acaba perseguido e tendo sua moral destruída. Razão pela qual, muitos artistas tiveram sua carreira destruída e/ou estão na geladeira da gigante emissora.

 

E é exatamente isso que está acontecendo com o cantor sertanejo Gusttavo Lima, casado com Andressa Suita, pai de 2 filhos, após declaração de apoio ao Bolsonaro e ao porte de armas.

 

Em uma tentativa grotesca de culpar de forma indireta Gusttavo Lima pelo ataque covarde ocorrido na Flórida e colocar a população contra o cantor, a Rede Globo, no último domingo (25.fev.2018), no programa dominical “fantástico”, fez uma matéria tendenciosa, fazendo um paralelo desonesto entre Gusttavo Lima, o tiroteio em Parkland (Flórida) que vitimou 31 pessoas, sendo estas 17 mortos e 14 feridos e as famosas “fake News” (notícias falsas).

 

Creio que, assim como eu, a maioria de nós não conseguiu traçar tal paralelo. Ainda me questiono como Gusttavo Lima teria influenciado e obrigado o assassino Nikolas de Jesus Cruz (19 anos) adentrar a escola secundária Marjory Stoneman Douglas, empunhar armas e atacar covardemente adolescentes e professores.

 

Hoje, 29.fev.2018, a Globo fez uma matéria (dispensável dizer que tendenciosa) em que acusa Gusttavo Lima de ter sido indiciado pela Polícia Civil por crime ambiental.

De acordo com a matéria, o cantor aumentou a represa de uma fazenda que possui em Goiás, sem possuir tal licença.

 

Porém não faz qualquer referência ao crime ambiental cometido por Luciano Huck (apresentar do canal e envolvido em pagamento de propina para Aécio Neves), em 2017, onde foi condenado a retirar as boias que impedem o acesso à sua casa na Ilha das Palmeiras (Angra dos Reis), além do pagamento de indenização por danos morais coletivos, em decorrência da degradação ao meio ambiente, no valor de R$ 40 mil. Ocasião em que o MPF também pediu o cálculo da multa por descumprimento de liminar da Justiça Federal em 2010.




Assessoria de Gusttavo Lima

 

O cantor Gusttavo Lima, por intermédio de sua assessoria de imprensa, esclarece nota publicada sobre a obra na fazenda entre os municípios de Caldazinha e Bela vista de Goiás:

– Não houve indiciamento, por não ter havido a conclusão do inquérito.

– Toda documentação necessária foi entregue ao delegado titular do inquérito.

– O pedido de licença ambiental já foi protocolado há algum tempo.

– As obras foram paralisadas, até que tudo seja devidamente esclarecido.

– Há de se constatar por perícia que não houve nenhum tipo de dano ambiental, e sim uma limpeza em área permitida.

 

2 thoughts on “Rede Globo promove perseguição a Gustavo Lima após ele declarar apoio a armas e Bolsonaro.

  1. Como é possível alguém nos diais atuais assistir à rede esgoto de televisão? Desde que eu comecei a acompanhar os cursos de Olavo de Carvalho, e vídeos diversos no Youtube (Inteligentista, Ideias Radicais, Terça Livre, Tradutores de Direita, Vaticano, entre outros), nunca mais tive vontade de ver TV.
    Obrigado por postar ete conteúdo elucidativo!

Deixe uma resposta