Quanto custa um ex-presidente ao Brasil e a proposta de Jair Bolsonaro

Quanto custa um ex-presidente ao Brasil e a proposta de Jair Bolsonaro

Spread the love

Antes de iniciar a matéria, assistam um recado do personagem de Leandro Hassum, no filme: O CANDIDATO HONESTO.




O que diz a lei:
LEI Nº 7.474, DE 8 DE MAIO DE 1986:

§ 1o  Os quatro servidores e os motoristas de que trata o caput deste artigo, de livre indicação do ex-Presidente da República, ocuparão cargos em comissão do Grupo-Direção e Assessoramento Superiores – DAS, até o nível 4, ou gratificações de representação, da estrutura da Presidência da República. (Redação dada pela Lei nº 10.609, de 20.12.2002)

§ 2o  Além dos servidores de que trata o caput, os ex-Presidentes da República poderão contar, ainda, com o assessoramento de dois servidores ocupantes de cargos em comissão do Grupo-Direção e Assessoramento Superiores – DAS, de nível 5.(Redação dada pela Lei nº 10.609, de 20.12.2002)

Art 2º O Ministério da Justiça responsabilizar-se-á pela segurança dos candidatos à Presidência da República, a partir da homologação em convenção partidária.

Art 3º Esta lei entra em vigor na data de sua publicação.

Art 4º Revogam-se as disposições em contrário.

Senado Federal, em 8 de maio de 1986.

Senador JOSÉ FRAGELLI 
Presidente




E quais são os benefícios?

Todas as informações abaixo são do site Mundo Estranho

As vantagens incluem quatro seguranças, dois veículos oficiais com motorista e dois assessores especiais – com salário de quase R$ 12 mil.

SEGURANÇA EM PRIMEIRO LUGAR

Terminado o mandato de um presidente da República no Brasil, ele terá o direito ao auxílio de quatro servidores para sua segurança, assim como dois veículos oficiais com dois motoristas, somando salários de R$ 28.738,36 mensais. Assim como Fernando Collor, que sofreu impeachment em 1992, Dilma Rousseff também mantém esse e outros benefícios garantidos a ex-presidentes depois da cassação do seu mandato. Agora em 2018, Temer também terá direito.  Nos EUA, a regra é praticamente a mesma, mas quem se responsabiliza por manter o ex-presidente são e salvo é o Serviço Secreto, e o direito se estende para filhos de até 16 anos.

O TRABALHO CONTINUA

Tanto no Brasil como nos EUA, ex-mandatários têm direito a assessores pessoais. No nosso país, são dois assessores especiais com salário de R$ 11.852,93 mensais cada um. Nos EUA, existe uma verba: no máximo US$ 150 mil por ano nos primeiros dois anos e meio. Depois, o valor não pode exceder US$ 96 mil ao ano. Eles também têm uma quantia para alugar um escritório no país.

A proposta de Jair Bolsonaro para resolver  a questão dos benefícios:

 

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido
%d blogueiros gostam disto: