França aprova lei da pedofilia

O projeto de lei contra a violência sexual e de gênero, conhecida como a lei Schiappa foi promulgada em 3 de Agosto pelo Parlamento francês, provocando indignação no país, onde os pais e grupos que defendem os direitos das crianças acusaram o governo de trair as crianças francesas.

A ministra francesa Marlène Schiappa, declaradamente feminista, do partido La Replubique em Marche, coligado ao partido de Emmanuel Macron, centro esquerda, foi nomeada ao cargo de secretária do ministério da igualdade entre homens e mulheres, por Emmanuel Macron, é responsável pela aprovação da lei da pedofilia, onde crianças podem ter relações sexuais com adultos.

Olavo de Carvalho, filosofo brasileiro, já vinha alertando para tal atrocidade.  Em 19.Dez.2015, o professor ressaltou que a estratégia do movimento pró-pedofilia era, caracterizar o crime como doença e após criminalizar quem se opor a tal ato.

Embora a frase seja um tanto quanto clichê, Olavo tem razão. A França deu o primeiro passo para que crianças possam ser usadas como brinquedos sexuais de adultos pervertidos.

O governo do presidente Macron votou contra a idade de consentimento, tornando-se a mais recente nação a ceder á pressão de uma rede internacional de ativistas determinados a normalizar a pedofilia e a descriminalizar o sexo com crianças em todo o mundo.

Ressalto que há tempos, estamos alertando para o perigo da frase: “toda forma de amor é válido”. Não. Não é. Essa frase, muito difundida pela esquerda mundial, tem como única intenção de dessensibilizar a sociedade para atos bizarros. Países como Alemanha, Colômbia, África do Sul, Hungria e Finlândia são complacentes a zoofilia. Agora elevamos o nível da crueldade, e a pedofilia está ganhando ares de normalidade e estilo de vida.

Segundo a nova Lei Federal Francesa, não existe mais idade legal de consentimento. Basta a criança ter “capacidade de consentimento”. Ou seja, basta um adulto ameaçar e agredir uma criança em sua mais tenra idade e terá seu consentimento. Adultos que estupram crianças não serão processados ​​por estupro se a vítima não puder provar “violência, ameaças, coerção ou surpresa “.

Indago: Como uma criança de 03 anos, ameaçada e brutalizada, provará a violência, ameaças, coerções?

Tal lei foi aprovada no dia 03.Agosto.18 e não houve qualquer interferência da ONU ou de qualquer órgão internacional de defesa á criança e ao adolescente, provocando indignação e revolta no país, onde  pais e grupos que defendem os direitos das crianças acusaram o governo de trair as crianças francesas.

Estes grupos criticaram o presidente Emmanuel Macron por não detrminar uma idade legal de consentimento para proteger os menores, referindo-se à recente decisão dos tribunais franceses que se recusaram  processar dois pedófilos (um de 30 e outro de 28) por estupro cometido contra duas meninas de 11 anos, uma vez que seus advogados não podiam provar que as meninas não deram seu consentimento.

Como resposta, vários grupos, incluindo o Conselho Francês de Associações para os Direitos da Criança, emitiram uma declaração conjunta manifestando a sua indignação, abandonando a idade de consentimento após a adoção da nova lei.

“Esta deve ser a principal medida do projeto de lei: a introdução de uma idade abaixo da qual as crianças seriam automaticamente consideradas incapazes de consentir em ter relações sexuais com adultos”, dizia o comunicado conjunto.

Na sua versão final, a lei Schiappa afirma que para as crianças menores de 15 anos, “restrição moral ou surpresa é caracterizada pelo abuso da vulnerabilidade da vítima que não tem o discernimento necessário para esses atos.” No entanto, o ex-ministro dos direitos das mulheres, Laurence Rossignol, diz que essas noções de “vulnerabilidade” e “discernimento” deixa muito espaço para pedófilos escaparem da punição ao abrigo da lei.

Embora conste as idades 13 e 15 anos, a escolha foi feita por abandonar o princípio da idade mínima. 

Fontes:

  • http://www.alertadigital.com/2018/08/07/mas-cerca-de-legalizar-la-pedofilia-francia-aprueba-una-ley-que-no-fija-una-edad-minima-para-consentir-sexo-con-adultos/
  • https://www.rtl.fr/girls/identites/loi-schiappa-55-personnalites-signent-une-tribune-contre-cette-loi-7794467030
  • https://www.gouvernement.fr/ministre/marlene-schiappa
  • https://m.facebook.com/story.php?story_fbid=401548763660634&id=48894759275
  • https://fr.m.wikipedia.org/wiki/Marl%C3%A8ne_Schiappa
  • https://fr.m.wikipedia.org/wiki/La_R%C3%A9publique_en_marche
  • http://www.alertadigital.com/2018/08/07/mas-cerca-de-legalizar-la-pedofilia-francia-aprueba-una-ley-que-no-fija-una-edad-minima-para-consentir-sexo-con-adultos/
  • https://www.am.com.mx/2018/08/08/mundo/en-francia-no-habra-limite-de-edad-para-el-consentimiento-sexual-lo-que-permite-pedofilia-504280
  • http://www.infocatolica.com/?t=noticia&cod=32847
  • https://www.actuall.com/criterio/familia/francia-abre-la-puerta-la-pedofilia/

Vídeos relacionados:

About Camila Abdo

Jornalista (MTB - 0083932/SP; Associação Brasileira de Jornalista -ABJ- 2457) , com cursos nas áreas de jornalismo digital, jornal impresso, fundamentos do jornalismo, jornalismo investigativo, assessoria de imprensa e comunicação interna. Estudante de direito (Unip) e história (Anhanguera), possuo diversos cursos de especialização na área de psicologia/psicopatologia, entre eles: urgências psiquiátricas, perícias criminais, psicopatologia da infância e adolescência, transtornos de personalidade, terapia cognitivo-comportamental, psicanálise: teoria e técnica, gestalt terapia, criminologia, sexualidade - normal e patológica, psicofarmacologia, psicologia forense, neuroanatomia, abuso sexual infantil, predadores sexuais, psicologia social e violência doméstica, enfermagem em saúde mental, medicina legal e psicologia penitenciária. Certificado INBOUND pela HUBSPOT ACADEMY. Meu canal: https://www.youtube.com/c/CamilaAbdoCalvo

View all posts by Camila Abdo →

Deixe uma resposta