Damares Alves, assessora de Magno Malta, vai comandar Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos.

Spread the love

A pastora, que é a favor da família, contra o aborto e atuante na prevenção ao suicídio e automutilação, foi confirmada para comandar Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos. Funai fará parte da pasta. É a segunda mulher a ocupar o cargo de primeiro escalão do governo.

Segundo Onyx Lorenzoni: “Por ordem do presidente Jair Bolsonaro apresento a ministra. Ela cuidará da pasta da Mulher, Família e Direitos Humanos — disse Onyx, ao lado de Damares, em pronunciamento no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) de Brasília, onde a equipe de transição se reúne.”

A futura ministra destaca que dará uma atenção especial para a infância, em especial as mulheres para que o Brasil se torne o melhor lugar para uma menina nascer. Ressaltou também que o primeiro direito a ser protegido é o direito à vida. “O maior direito do humano é o direito à vida. E a pasta vai, desde as mulheres até a infância, idoso, índio, vai ser a proteção da vida.”

TAGS: #Ministerio dos Direitos Humanos #Governo Bolsonaro #Damares Alves

Deixe uma resposta